Campo Grande-MS, 13 de Novembro de 2018.

Galeria de Fotos

Corrida do Pessoal da Caixa

29/05/2011

Deseja adquirir sua foto em alta resolução (alta qualidade) ?

Selecione as fotos desejadas clicando na opção "Adicionar ao carrinho" e depois clique em finalizar pedido.

Deseja adquirir sua foto em alta resolução (alta qualidade) ?

Selecione as fotos desejadas clicando na opção "Adicionar ao carrinho" e depois clique em finalizar pedido.

Comentários (12):

Victoria Delvizio 30/05/2011 12:11

Eu, Victoria Delvizio, da Equipe de Corrida MadDog, quero expor meu manifesto! Após ter participado da Corrida do Pessoal da Caixa, ocorrida no último domingo, 29 de maio de 2011, com o número de peito 326, ter completado o percurso estipulado de 5km e obtido tempo para ser contemplada com o segundo lugar na categoria por faixa etária [18 a 33 anos] não recebi o devido prêmio. O motivo principal para isto não foi o fato da corrida ter sido precariamente organizada, sem a presença de um fiscal da Federação de Atletismo do Estado; nem o fato do equipamento de som falhar a cada comunicado expresso no microfone; nem também pelo fato de haver certo descontrole do registro da numeração dos atletas que completaram a prova dentro das regras estipuladas. O fato principal para eu não ter sido premiada foi a completa FALTA DE EDUCAÇÃO e AUSÊNCIA DE ESPÍRITO ESPORTIVO das pessoas encarregadas da organização do evento. Após eu perceber que atletas que chegaram depois da minha colocação estavam recebendo troféus enquanto eu não era também chamada ao pódio, ao me dirigir à Mesa Organizadora para comunicar o mau entendido que havia acontecido, fui tratada com completo descaso e ignorância por parte dos profissionais que ali estavam para garantir que os méritos esportivos fossem entregues àqueles que de fato o mereciam. A mesa organizadora não se dispôs a rever as classificações divulgadas pelo sistema de som e tampouco retificar a entrega de troféus, mesmo depois de constatar que erroneamente havia os entregue à atletas com tempo de chegada maior que o meu; tampouco se dispôs a me ouvir e reconhecer que meus argumentos eram pertinentes à situação. A alegação era de que se eu não havia escutado ser chamada pelo sistema de som, que eles não podiam fazer nada pelo meu caso e que, portanto, isso justificava, sem sombra de dúvidas, o fato de a Organização ter entregue o troféu à outra atleta. O que me chateia nisso tudo não é ter voltado para casa sem o troféu ou de não ter recebido os louros no pódio; o que me chateia disso tudo é que uma corrida que foi organizada justamente com o intuito de incentivar a prática esportiva, divulgar o espírito de saúde e estimular a superação pessoal teve a infelicidade de contar com pessoas despreparadas e incompetentes para resolver uma situação-problema que foi causada por elas mesmas, sem contar a falta de humanidade ao tratar uma atleta com o devido respeito pela sua participação e esforço e a falta de cortesia ao tratar uma mulher com a devida gentileza que lhe cabe. Deixo registrado, portanto, o meu desapontamento por não ter meus direitos de defesa e de mérito garantidos enquanto atleta e minha vergonha por saber que, infelizmente, as Corridas de Rua em nosso Estado ainda vão ser as maiores perdedoras e as mais desrespeitadas enquanto o real espírito esportivo e a boa educação não se fizerem preponderantes como princípios de moral e justiça nas suas organizações. Grata pela atenção de todos.

Fernando Menin 30/05/2011 12:46

MANIFESTO!!! Bom dia!! Meu nome é Fernando Menin e, da mesma forma, quero apresentar meu manifesto e indignação face a falta de organização do última corrida realizada no domingo (29/05/11). Presenciei todo o constrangimento da atleta Victoria, a qual, pelo simples fato de ser apoiadora do evento, não era merecedora de tamanho falta de respeito e educação por parte da mesa organizadora. Quando participamos de um evento como este, buscamos um ambiente harmônico e prazeroso entre seus participantes e organizadores. Infelizmente, pela falta de profissionalismo e, principalmente, competência de alguns organizadores, somos obrigados a passar por esse tipo de situação. Esperamos, nas próximas oportunidades, que haja uma fiscalização rigorosa, pois além daqueles que estão ali tão somente pelo espírito esportivo, temos atletas profissionais que, acima de tudo, merecem a seriedade do evento.

Thiago 30/05/2011 13:49

Fica aqui o registro do episódio mais triste e vergonhoso que presenciei em anos de corredor assíduo que sou desde 2009 nas corridas de rua, participei de praticamente todas corridas desde entao em CG e faço das palavras da Victoria minhas palavras, concordo e assino embaixo, faltou espírito esportivo do pessoal da Caixa nessa hora, seria injusto c/ qualquer atleta o que fizeram, ganhar e nao levar, sendo c/ ela foi pior ainda, pois foi ela quem mais incentivou os atletas do Grupo de Corrida Mad Dog a correrem esta corrida ,a prestigiar o evento. Espero que não passe em branco tudo isso e a justiça seja feita, mesmo tardia.

Luis Claudio 30/05/2011 15:09

Apoio a atleta Victoria Delvizio: Prezados organizadores, o que é lamentável, além de tudo isso é um fato que não deveria acontecer: se a atleta chegou em segundo lugar na sua categoria o mérito é dela e este não pode ser ocupado por outro atleta, independente de estar ou não presente, o que não ocorreu, na dúvida não premiassem na hora e os atletas retirariam o prêmio depois. A iniciativa da CAIXA foi excelente em realizar a prova, sou amador e acordo cedo no Domingo para confraternizar correndo! Se houveram falhas na organização, isso se corrige com humildade, boa vontade e reconhecimento dos erros, pois nenhum de nós somos perfeitos. A falta de educação só agravou o problema, mas existe como corrigir isso, está na mão de vocês. A humildade e o perdão resolvem tudo!

Adriano Lima 30/05/2011 15:14

Boa tarde a todos, as manifestações de descontentamento com a corrida do pessoal da caixa nos faz refletir o verdadeiro significado do espírito esportivo. Não se deve justificar toda e qualquer falta de orgainzação, despreparo, falta de educação e desrespeito a atletas, pela simples justificativa que de maneira amadora estam incentivando o esporte. Toda e qualquer atividade esportiva, mesmo de organização amadora deve seguir os principios do esporte, sendo dentre eles: o respeito aos atletas, espírito participativo, a integração com a comunidade e o principal a transparência nos processos. Campo Grande, uma cidade dinâmica e que quer figurar entre as principais cidade deste país, deve fiscalizar todas atividades esportivas realizadas em suas vias públicas, principalmente de entidades que utilizam os espaços públicos para divulgarem suas marcas e projetos, tendo o dever de respeitar a população e quem vier a participar dos seus eventos. O amadorismo não é justificativa para que aconteçam episódios lamentáveis como o da corrida do pessoal da Caixa. Fica o alerta para os próximos eventos desta entidade e de outras que queiram se aventurar, com o intuito de divulgar o esporte, sigam plenamente o espírito esportivo e a boa educação para com todos, sejam atletas, pessoal de apoio, entes públicos, população em geral, enfim, a todos envolvidos no evento e aqueles que possam sofrer alguma interferência em virtude deste. A atividade esportiva deve ser incentivada em todas as suas formas, principalmente aquelas que não se exija nenhum dispendio oneroso dos cidadãos que já pagam infinitos impostos, exigindo apenas o esforço físico prazeroso de participar de atividades esportivas como as corridas de rua, que embelezam nossa cidade e faz um imenso bem a população.

Luis Henrique 30/05/2011 15:29

Deixo registrado minha indignação com a falta de respeito e educação dos organizadores do evento "Corrida do Pessoal da Caixa", sou integrante do Grupo de Corridas Mad Dog e presenciei uma má organização e uma precaria forma de registro de numeração, conforme foi citado pela atleta Victoria Delvizio; que esse manifesto sirva de exemplo para uma proxima corrida, onde o espirito esportivo seja realmente um incentivo para a saude e superação de cada participante.

Gustavo Espindola 30/05/2011 15:33

Participei na semana retrasada de uma corrida em Brasilia onde nada houve de diferente a nao ser a organizacao que foi impecável.Já de volta a nossa realidade é triste constatar que fatos como esse da Victória ainda aconteçam. Nem o microfone que é o básico estava funcionando! Presenciei o ABSURDO ainda de uma das meninas que estava na linha de chegada parar duas corredoras que estavam cruzando juntas a linha de chegada para perguntar quem chegou primeiro, que elas nao podiam chegar ao mesmo tempo. Acho que o MÍNIMO que os DESORGANIZADORES dessa corrida entreguem o que é dela por direito.

Ismael 30/05/2011 17:45

Também participei da corrida, não presenciei o fato discutido em pauta,mas tenho outra colocação a fazer quanto a organização da corrida, deixou a desejar na segurança dos corredores, ficando os atletas por conta do trânsito de Campo Grande, (presenciei carro avançando um cruzamento da Av que dá acesso à Av Mato Grosso e Afonso Pena) sem ter um guarda ou fiscal da prova, colocando em risco a vida dos atletas que estavam correndo naquele momento com objetivo de participar e incentivar o esporte de Mato Grosso do Sul, (organizadores deixam de ser irresponsáveis porque é a vida de outros que estão em risco).

empresa a4 sports 30/05/2011 18:10

Vimos por intermédio deste ,pedirmos desculpas a Victória Delvizio sobre o ocorrido relatado acima pelos integrantes da equipe MAD DOG ao qual sabemos que ela é uma das incentivadoras das corridas junto com os professores da equipe, realmente falhamos na apuração do resultado desta pessoa, devido a falha no cadastro a atleta entrou na apuração masculino , não saindo no resultado do feminino como prevíamos, contudo após o término fizemos a correção dos números e tempos de prova constatando a 2ª colocação na categoria 18 a 32. A questão de não analisarmos na hora que foi solicitado é a de que muitos atletas , ficam tumultuando a apuração e premiação , solicitando tempos , camisetas e outras coisas, atrapalhando o nosso trabalho na apuração, pois não tinhamos nenhum isolamento para a equipe de apuração dos resultados. Informamos que ja providenciamos a premiação da Vitória como se faz jus pelo seu resultado alcançado nesta prova, peço que entre em contato com a empresa A4 SPORTS para receber sua premiação. Referente aos atletas que entram juntos no funil , pedimos sempre para que não ultrapassem durante a entrada do funil, pois isso consta em regulamento e como a apuração não era por chip, sempre temos reclamações destas mesmas pessoas que entram juntas justificando que devemos entregar duas premiações porque empataram na chegada, difícil acreditar mas é verdade isso acontece. No mais esta prova estava prevista para acontecer somente para os servidores da CAIXA , SEM PREMIAÇÃO SOMENTE COMO INCENTIVO, contudo abrimos para o público de fora da CAIXA, com a inscrição isenta de taxas, uma belíssima camiseta, premiação geral e por categorias com troféus, água e frutas, além de segurança da prova com agetran, corpo de bombeiros e Polícia militar , ao qual todos os organizadores de provas pedestres , somos sabedores do quanto esta difícil conseguir estes apoios , devido várias atividades que os mesmos exercem em Campo Grande, ao qual agradecemos pelo apoio em condicional no Projeto. Realmente tivemos problemas técnicos com a sonorização que não era da empresa e a falta de algumas estruturas também que não nos repassaram para a realização da prova Agradecemos a todos que participaram da competição e pedimos desculpas pelo nosso grave erro com a Vitória Delvizio ao qual conhecemos Organização

Thiago 30/05/2011 19:27

Nda mais justo, agradeço desde ja a empresa A4 Sports pela seriedade e agilidade na apuração dos fatos em nome da atleta e amiga Victória Delvizio.

Victoria Delvizio 31/05/2011 10:38

Tenho ciência das dificuldades encontradas pelos organizadores das corridas de rua para divulgar e incentivar o esporte em nosso Estado; o intuito deste manifesto foi justamente expor as falhas para que organizadores e atletas estejam atentos aos seus direitos e deveres em prol da excelência de nossa atividade esportiva. Desde já agradeço a A4 Sports, em nome dos atletas de rua, pela atenção e ficamos confiantes de que nosso desempenho, tanto dos organizadores como dos atletas, seja cada vez melhor, mais profissional e mais valorizado. Atenciosamente.

manifestante 01/06/2011 14:49

empresa a4sports,na 6ªlinha de seu texto,vc demonstra seu despreparo em lidar c/pessoas dizendo que muitos atletas ficam tumultuando a apuração e premiação,nao existe isto de atrapalhar,é que voces erram toda vez e as pessoas cobram o que é de direito,nao é porque é amador que tem de ser organizado,aí é que se tem de ser mais organizado por se tratar de gente "amadora"como voces dizem,se sao amadores sao leigos,precisam de um auxilio dos organizadores do evento e nao discriminação

deixe seu comentário:

A SportsEventos não se responsabiliza pelo conteúdo de nenhum comentário, o qual não é revisado. Todavia, havendo necessidade, a SportsEventos reserva-se o direito de reprovar, eliminar ou alterar comentários em desacordo com o propósito do site.

Nome *

E-mail * (não será publicado)

Mensagem *

Informe o código de segurança que está na imagem

Não consegue ler a imagem? Clique aqui

Voltar para página anterior      ir ao topo do site
Facebook Sportseventos
YouTube - Assista aos vídeos Facebook - Torne-se Fã!
Copyright (c) 2009 - Todos os direitos reservados - By Agênciatec