Campo Grande-MS, 21 de Novembro de 2018.

Imprimir Página    Aumentar fonte do texto Diminuir a fonte do texto
Notícias

Africanos dominam maratona de São Paulo; marroquina quebra recorde da prova

20/06/2011

A maratona de São Paulo teve amplo domínio dos corredores africanos. Neste domingo, o queniano David Kemboi e a marroquina Samira Raif venceram a prova disputada na capital paulista e não deram muitas chances aos concorrentes.

A vitória confirma a hegemonia dos quenianos nas seis últimas edições da prova. Os corredores africanos venceram cinco vezes. O “intruso” foi o brasileiro Claudir Rodrigues, em 2008.

O queniano Robert Cheruiyot, que fazia sua estreia na maratona de São Paulo e era considerado um dos favoritos, não completou a prova. Na altura da ponte da Cidade Universitária, o atleta, três vezes vencedor da São Silvestre, não suportou o ritmo e parou.

Os organizadores tomaram algumas medidas nas últimas edições para tentar facilitar a quebra dos recordes da prova. As largadas foram antecipadas em alguns minutos (para evitar o calor na parte final) e o trajeto sofreu alterações. No entanto, apenas as mulheres conseguiram baixar a marca.

No masculino, o recorde estabelecido em 2002 por Vanderlei Cordeiro de Lima (2h11min19) resistiu. Kemboi manteve um bom ritmo e deu a impressão de que baixaria a marca, mas completou o percurso em 2h11min53. Dois brasileiros ficaram entre os cinco primeiros colocados: Laelson Santana (4º) e Jair José da Silva (5º).
Feminino

Elizabeth Rumokol deu a impressão de que venceria a prova feminina com sobras. A queniana, que estreava em maratonas, abriu grande vantagem sobre as adversárias. No entanto, ela não manteve o mesmo ritmo no fim. Melhor para a marroquina Samira Raif, que a ultrapassou para ganhar.

Além de ser a primeira marroquina a vencer a maratona de São Paulo, Samira tem outro motivo para comemorar: com o tempo de 2h36min01, ela bateu o recorde da prova. A melhor marca até então (2h36m07s) pertencia à brasileira Maria Zeferina Baldaia, obtida em 2002.

A queniana, que terminou na segunda posição, liderou até o km 41. Sueli Pereira da Silva terminou em quarto e foi a brasileira mais bem colocada na prova.

Samira quebrou uma série de três vitórias de atletas brasileiras na maratona de São Paulo. Baldaia foi a primeira colocada em 2008; nos dois anos seguintes, a campeã foi Marizete Moreira.

Fonte: UOL

Enviar para um amigo compartilhe

Comentários (0):

deixe seu comentário:

A SportsEventos não se responsabiliza pelo conteúdo de nenhum comentário, o qual não é revisado. Todavia, havendo necessidade, a SportsEventos reserva-se o direito de reprovar, eliminar ou alterar comentários em desacordo com o propósito do site.

Nome *

E-mail * (não será publicado)

Mensagem *

Informe o código de segurança que está na imagem

Não consegue ler a imagem? Clique aqui

Voltar para página anterior      ir ao topo do site
Facebook Sportseventos
YouTube - Assista aos vídeos Facebook - Torne-se Fã!
Copyright (c) 2009 - Todos os direitos reservados - By Agênciatec