Campo Grande-MS, 14 de Novembro de 2018.

Imprimir Página    Aumentar fonte do texto Diminuir a fonte do texto
Notícias

Chuva e quebra de recordes marcam vitória de quenianos na Pampulha

06/12/2009

Neste domingo (06/12) em Belo Horizonte (MG) a 11ª edição da Volta Internacional da Pampulha foi marcada por quebra de recordes, com o número de inscritos (12.500) e no tempo da campeã Pasalia Chepkorir, do Quênia (1h00min43). Entre os homens o também queniano Nicholas Koech faturou o bicampeonato com 52min48.

A chuva que castigou a capital mineira durante todo o sábado não deu trégua no domingo, o que por um lado foi benéfico para os competidores, que não tiveram que enfrentar o forte calor que assola a cidade nesta época do ano. A desvantagem foi ter que desviar das inúmeras poças d’água e ter que correr com a roupa e o tênis pesados.

A largada aconteceu às 9h e mais uma vez os amadores fizeram uma grande festa, com faixas, cartazes e fantasias. Na elite, as mulheres formaram um pelotão único nos primeiros quilômetros, mas pouco antes da metade dos 17,8 quilômetros de percurso, a queniana Pasalia Chepkorir assumiu a ponta.

Recém chegada ao Brasil, ela se mostrou mais inteira do que as adversárias para cruzar a linha de chegada com 1h00min39 e desbancar o antigo recorde da brasileira Lucélia Peres (1h00min57), que perdurava desde 2005. A segunda colocada foi a também queniana Eunice Kirwa (1h01min29), seguida por sua compatriota Margaret Karie (1h03min41). "Mantive minha concentração o tempo todo e, mesmo correndo sozinha, me preocupei só com a prova", relata a campeã, de 26 amos.

A melhor brasileira foi Rosângela Faria, com 1h03min48, seguida por Marizete Moreira com 1h03min55. "Adoro correr na chuva e nem me importei com as ruas bem molhadas. Venho de uma sequência de contusões e este é, sem dúvida, o meu melhor resultado nos últimos cinco anos", comenta Rosângela.

Homens - Na disputa masculina o queniano Nicholas Koech pareceu não se importar com o clima adverso e passou a liderar desde o começo da prova num ritmo forte, propício para a quebra do recorde. Com o decorrer dos quilômetros ele apenas ampliou a vantagem para o segundo pelotão, formado por seu compatriota Stanley Biwot e pelo tanzaniano Martin Sule.

Mesmo com a aproximação dos adversários nos metros finais ele segurou um pouco o ritmo até cruzar em primeiro com 52min48, tempo que não foi suficiente para quebrar o recorde de 52min35, estabelecido pelo também queniano Lawrence Kiprotich em 2005. Franck apareceu no segundo pelotão a partir do quilômetro 12, momento em que ultrapassou Stanley, mas não conseguiu se desvencilhar de Martin. "Abri desde o início com o ritmo forte, mas no final fiquei preocupado com a aproximação dos adversários e preferi correr para a vitória. Foi uma pena. Mais um pouco fazia também o recorde", avalia Nicholas.

O atleta da Tanzânia cruzou em segundo lugar com o tempo de 52min59, enquanto Franck chegou em terceiro com 53min. “O pessoal veio forte hoje, deixa para o ano que vem”, comenta o brasileiro sobre a tentativa de faturar o tetracampeonato da disputa. “O importante é dar alegria ao público brasileiro. Vamos agora encaixar um bom treinamento para ir bem na São Silvestre”, completa.

Giomar Pereira da Silva chegou em quarto lugar e conquistou por antecipação o primeiro lugar no Ranking Nacional de Corredores de Rua Caixa/ CBAt. "Eu me senti mal nos primeiros 1.000 metros, ainda devido ao problema estomacal que me tirou da 10K Rio, mas aos poucos fui melhorando e conseguindo impor meu ritmo. Estou muito feliz por ser novamente campeão do Ranking", comenta o baiano. "Agora o objetivo é fazer uma grande corrida na São Silvestre", completa.

No Ranking feminino, Marizete Moreira agora passa a ser a nova líder, já que o resultado em Minas Gerais a faz somar 280 pontos, contra 277 da ex-primeira colocada Marizete Moreira, 15ª na prova deste domingo. "Foi muita dedicação aos treinos e muita perseverança para alcançar a liderança", lembra a campeã da Maratona de São Paulo deste ano. "A decisão do título vai ficar para a São Silvestre".


Fonte: webrun

Enviar para um amigo compartilhe

Comentários (0):

deixe seu comentário:

A SportsEventos não se responsabiliza pelo conteúdo de nenhum comentário, o qual não é revisado. Todavia, havendo necessidade, a SportsEventos reserva-se o direito de reprovar, eliminar ou alterar comentários em desacordo com o propósito do site.

Nome *

E-mail * (não será publicado)

Mensagem *

Informe o código de segurança que está na imagem

Não consegue ler a imagem? Clique aqui

Voltar para página anterior      ir ao topo do site
Facebook Sportseventos
YouTube - Assista aos vídeos Facebook - Torne-se Fã!
Copyright (c) 2009 - Todos os direitos reservados - By Agênciatec