Campo Grande-MS, 14 de Novembro de 2018.

Imprimir Página    Aumentar fonte do texto Diminuir a fonte do texto
Notícias

Quênia faz dobradinha na São Silvetsre; brasileira é a terceira

31/12/2009

São Paulo (SP) - O queniano James Kipsang conquistou o bicampeonato da Corrida de São Silvestre e se juntou ao seleto grupo de corredores de seu país que conseguiu vencer duas edições consecutivas da prova. Ele terminou os 15 quilômetros em 44min40s. No feminino, a também queniana Pasalia Chepkorir dominou do início ao fim e assegurou a dobradinha.

Kipsang foi o primeiro bicampeão consecutivo da prova desde 2000, quando Paul Tergat conquistou três na sequência. Ele se tornou o terceiro queniano a vencer duas seguidas, junto com Tergat e Simon Chemwoyo, bicampeão em 1992-1993. A última dobradinha do Quênia havia sido em 2007, com Robert Cheruiyot e Alice Timbilili.

Já a também queniana Pasalia terminou com 52s30, seguida pela sérvia Olivera Jevtic e pela brasileira Marily dos Santos, terceira colocada pelo segundo ano seguido com 53s35. Maria Zeferina Baldaia e Cruz Nonata chegaram logo atrás e também levaram o Brasil ao pódio.

No masculino, Kipsang chegou à frente dos comaptriotas Elias Chelimo e Robert Cheruiyot. Os colombianos Diego Colorado e William Naranjo completaram o pódio. Assim como em 2008, o melhor brasileiro ficou apenas em oitavo lugar. Clodoaldo Gomes da Silva não superou o resultado de Raimundo Nonato Aguiar no ano passado.

A prova feminina começou com o pelotão brasileiro formado por Zenaide Vieira e Rosângela Faria disputando espaço entre as líderes. Logo, a etíope Desartu Tulu entrou no bolo, mas foi a queniana Pasalia Chepkorir quem forçou na descida e chegou na Ipiranga na frente.

Logo, Maria Zeferina Baldaia se juntou às líderes. Mas foi Marily dos Santos, terceira colocada em 2008, quem esticou na frente antes da entrada no Minhocão. Mas não durou muito e Pasalia logo reassumiu a ponta, correndo isolada perto na avenida Rio Branco após deixar para trás a etíope Hayato Hasso.

Após a largada masculina, na descida da consolação, quem tomou a dianteira foi o brasileiro Cristiano Machado, seguido de perto pelo tanzaniano Martin Sulle. O africano logo assumiu a ponta, e logo atrás o também brasileiro Marcos Elias tentava a aproximação. Enquanto isso, no feminino, com dez quilômetros completados, Pasalia deu sinais claros de que venceria a prova, abrindo grande vantagem sobre o segundo pelotão.

Enquanto isso, Sulle entrava no Minhocão sozinho, acompanhado apenas pelos batedores, com boa vantagem. Alguns metros atrás, o pelotão que incluía o tricampeão Robert Cheruiyot fazia a perseguição. Sulle completou 5.000 m em apenas 13min59s, mas deu sinais de cansaço em seguida.

Não demorou para que o pelotão liderado por Robert Cheruiyot deixasse Sulle para trás. O defendor do título James Kipsang então tomou a dianteira antes do quilômetro 10. O queniano abriu boa vantagem, mas começou a ser seguido de perto pelo compatriota Elias Chelimo. Mas, na subida da Brigadeiro, Kipsang disparou e assegurou o bicampeonato.

Fonte: Esporte Ágil

Enviar para um amigo compartilhe

Comentários (0):

deixe seu comentário:

A SportsEventos não se responsabiliza pelo conteúdo de nenhum comentário, o qual não é revisado. Todavia, havendo necessidade, a SportsEventos reserva-se o direito de reprovar, eliminar ou alterar comentários em desacordo com o propósito do site.

Nome *

E-mail * (não será publicado)

Mensagem *

Informe o código de segurança que está na imagem

Não consegue ler a imagem? Clique aqui

Voltar para página anterior      ir ao topo do site
Facebook Sportseventos
YouTube - Assista aos vídeos Facebook - Torne-se Fã!
Copyright (c) 2009 - Todos os direitos reservados - By Agênciatec